Paseo Recoleta

A Recoleta é um conjunto de praças, passeio e jardins que se espraia até Palermo. Suas figueiras imensas e frondosas associadas aos roseirais e gramados bem cuidados são um espetáculo à parte.

foto: Steph Degreas

O nome do bairro vem dos Padres Recoletos (ordem franciscana) que fundaram no século XVIII um convento, uma igreja dedicada a Nossa Senhora do Pilar e o cemitério em anexo. No final do século XIX, o bairro atraiu famílias abastadas que fugiam de epidemias como cólera e febre amarela. A partir daí, o local recebeu inúmeros palacetes e mansões rodeados de jardins que reproduziam as arquiteturas européias, em especial, a francesa, dando-lhe ares nobres e aristocráticos.

A partir de um belo passeio ladeado por roseirais de um lado e figueiras do outro, o visitante vislumbra a Basílica Nossa Senhora Del Pilar. Inaugurada em 1732 graças a Fernando Valdez e Inclán que cedeu as terras e Don Juan de Narbona que custeou a construção, sua fachada foi construída em moldes clássicos e em seu interior ainda mantém os retábulos e grande parte das imagens originais de sua construção. O interior da Igreja é branco e contém apenas uma nave com altares menores em nichos laterais. Sua torre maior e o campanário são os únicos da cidade. Do lado esquerdo, a capela abriga a imagem de São Pedro de Alcântara, fundador da ordem dos recoletos. Ao lado, você encontra um pequeno museu que expõe elementos de culto dos primeiros monges. Entre os séculos XIX e XX, várias modificações foram realizadas, mas por volta da década de 30 o arquiteto Andrés Millé reconstituiu sua arquitetura. Em 1942, foi declarada Monumento Histórico Nacional.

Parques: solicitação de pesquisas

Parques: visitas técnicas

Introdução  

Objetivos
O presente trabalho tem por objetivo levar o aluno a compreender os papéis desempenhados pelos parques na cidade de São Paulo, reconhecendo sua diversidade de formas, contextos, usos e funções. O trabalho terá papel colaborativo, ou seja, a partir da postagem das diversas pesquisas, os alunos poderão ampliar seus conhecimentos sobre esse tipo de espaço livre urbano.  

Relação dos Parques
Os alunos deverão selecionar um dos parques citados na lista abaixo, informando ao professor a sua escolha.  

Alfredo Volpi
Rua Engenheiro Oscar Americano, 480 – Cidade Jardim/ Morumbi 11 3031-7052  

Parque Alfredo Volpi (acervo QUAPA)

 mais informações 

 

Buenos Aires
Av Angélica s/n, altura 1500 – Higienópolis 11 3666-8032  

parque Buenos Aires (acervo QUAPA)

mais informações 

 

Burle Marx
Av Dona Helena Pereira de Moraes, 200 – Campo Limpo 11 3746-7631  

parque Burle Marx (acervo QUAPA)

 mais informações

Cidade do Toronto
Av Cardeal Mota, 84 – City América/ Pirituba 11 3834-2176  

Parque Cidade de Toronto (acervo QUAPA)

mais informações


Ibirapuera

Av Pedro Álvares Cabral s/n –  Portão 10 – Vila Mariana 11 5574-5045/ 5505
  

Parque Ibirapuera (acervo QUAPA)

 mais informações

Independência
Av Nazareth s/n – Ipiranga 11 2273-7250  

parque Independência (acervo QUAPA)

 mais informações

Parque Villa lobos
Av. das Nações Unidas 

Parque Villa Lobos (acervo QUAPA)

Piqueri
Rua Tuiuti, 515 – Tatuapé 11 2097-2213 

Parque Piqueri (acervo QUAPA)

Povo
Rua Henrique Chamma, 590 –  Pinheiros 11 3078-6869  

Parque do Povo (acervo QUAPA)

Tenente Siqueira Campos – Trianon
Rua Peixoto Gomide, 949 – alt do nº1700 da Avenida Paulista – Cerqueira Cesar 11 3289-2160
  

Parque Trianon (acervo QUAPA)

Trote
Av Nadir Dias de Figueiredo, s/n – Vila Guilherme 11 2965-0165  

Parque do Trote (autor: PMSP)

Victor Civita
Rua Sumidouro, 580 – Pinheiros 11 3037-8696/ 3031-3689  

Zilda Natel
R. Cardoso de Almeida com a Av. Dr. Arnaldo  

Linear Sapé
Localização: Rod Raposo Tavares até Av Eng Politécnico – Butantã  

Tarefa  

A tarefa consiste na realização de um levantamento técnico com as seguintes informações:
-planta
-foto aérea
-descrição do programa de atividades e usos;
                -circulações de pedestre (calçada, trilhas, rampas, escadas, passarelas)
                -circulações de veículos (ciclovia, via local, via de serviço, estacionamento, emergência)
                -pontos de ônibus, van, taxis.
-atividades de recreação e permanência ativa
                –futebol society, campo, poliesportiva, tênis, pipa e aeromodelismo, skate, patins, esportes aquáticos, artes marciais, pedalinho, área infantil, pingpong, xadrez, bocha.
-atividades de recreação passiva e seus usos:
                -deck, canteiro, anfiteatro,concha acústica, teatro de arena, estar/gramado, tomar sol, praia, meditação, religioso, contemplação, educação, jogos de mesa, alimentação, eventos, mirante, administração, manutenção.
-descrição dos usos da vegetação na composição de espaços.  

Recursos para elaboração das tarefas
Os trabalhos poderão utilizar ilustrações, vlogs, podcasts, fotologs e links.  

Registro do Trabalho
A apresentação será realizada por meio da postagem do material em http://helenadegreas.com.br 

Endereços eletrônicos
Acervo QUAPA
Disponível em: http://winweb.redealuno.usp.br/quapa/busca.asp

MALBA Museu de Arte Latinoamericano de Buenos Aires

MALBA 2010

MALBA 2010

Fomos passear hoje pela manhã próximo à região de Palermo. No caminho, uma agradável surpresa: o Museu de Arte Latinoamericano de Buenos Aires.  O lugar foi criado em 2001 com o objetivo de abrigar  a coleção de arte do filantropo Eduardo Constantini. É considerado um dos melhores museus particulares do país.

A arquitetura do edifício é um show à parte.

Exemplar da arquitetura contemporânea argentina, o MALBA – Museu de Arte Latino-americano de Buenos Aires foi aberto em 2001 com o objetivo de abrigar a coleção de arte do filantropo argentino Eduardo F. Constantini e localiza-se no bairro de Palermo na altura do número 3415 da Av. Figueroa Alcorta e próximo ao Shopping Center que leva o mesmo nome. Fruto de um concurso internacional de arquitetura, o museu foi projetado e executado pelo escritório argentino AFT & Partners  (Gastón Atelman, Martín Fourcade e Alfredo Tapia).

Para quem tiver um pouco mais de tempo, lembramos que o museu está implantado entre um belo jadim (Plaza República del Peru, inaugurada em 1972, foi inicialmente projetada por Roberto Burle Marx,  Haruyoshi Ono e José Tabacow e completamente desfigurada em 1995) e o Palácio ALcorta (antigo Edifício Chrysler, construído na década de 20  e que, após remodelação pelo escritório MSGSSS, hoje abriga residências de alto padrão e salões para eventos além do Museu Renault no seu térreo). Visita obrigatória, portanto.

Grandes prismas e formas trapezoidais em pedra associados aos panos de vidro destacam-se de forma elegante da paisagem e permitem por suas transparências, a integração do edifício à cidade criando um referencial cultural urbano. Um dos espaços mais bonitos do museu é, sem dúvida, o conjunto de paredes de vidro que permitem o ingresso da luz natural sobre as exposições e diversos recintos. Suas exibições temporárias e permanentes, além de eventos múltiplos distribuem-se a partir do hall de entrada para inúmeras salas, terraços abertos repletos de esculturas, auditórios e várias salas para oficinas acessíveis tanto por elevadores quanto por suaves rampas que levam para todas as partes do museu. Para quem gosta aprecia sombra de árvores, canto de pássaros, deck de madeira e a transparência de vidros que descortinam para lindos jardins, vale a visita ao bar remodelado pelo mesmo escritório de arquitetura.

Suas instalações abrigam, entre outras, obras de Tarsila do Amaral e Fernando Botero Frida Kahlo. Ele está situado na Avenida Figueroa Alcorta 3415 (www.malba.org.br).

Ficam aqui algumas das fotos de minha filha, Stephanie

MALBA 2010

MALBA 2010

MALBA 2010

MALBA 2010

MALBA 2010

MALBA 2010

MALBA 2010

MALBA 2010